Petróleo com custo de extração de US$ 6,0 o barril. Onde? No pré-sal brasileiro. Com a Petrobras.

Compartilhe

O custo da extração da Petrobras na camada do pré-sal atingiu US$ 6,0 por barril de óleo equivalente (óleo mais gás natural) no segundo trimestre de 2019 (2S/2019), o menor valor da série histórica. Extração altamente competitiva. No 2S/2019, a produção do pré-sal respondeu por 55% de toda a extração de óleo e gás natural da Petrobras.

 

O foco da Petrobras em águas ultraprofundas do pré-sal está alavancando seus lucros: a Petrobras registrou lucro líquido de R$ 18,866  bilhões no 2S/ 2019. Trata-se do melhor resultado trimestral já registrado pela empresa. Hoje o pré-sal brasileiro é a maior fronteira exploratória de petróleo e gás natural no mundo. E os seus custos de exploração estão cada vez mais competitivos, ficando próximos aos custos americanos do gás de xisto.