Braskem Idesa volta a operar no México.

Compartilhe

Notícias que circularam hoje no México, mas não confirmadas pela Braskem Idesa, falam que o site que produz eteno da empresa voltou a operar com a queima de etano para a geração de energia e não com gás natural com era anteriormente. Nesta situação o complexo somente consegue operar a uma taxa próxima entre 50% e 60% de sua capacidade.

 

Isto é muito pouco para um complexo petroquímico, condição de prejuízo em uma situação normal. As notícias também descrevem que uma unidade de polietilenos voltou a operar. O complexo da Braskem Idesa estava parado desde novembro passado em função do rompimento do contrato de gás natural para a geração de energia do polo. A empresa tinha etano da Pemex para produzir eteno, mas não tinha gás natural para gerar energia para o complexo.

 

Entramos em contato com a Braskem, mas a empresa não quis se pronunciar.