Brasil: alteração nas medidas antidumping para o polipropileno (PP).

Compartilhe

O governo brasileiro decidiu, neste final de ano, alterar as medidas antidumping (AD) para a resina polipropileno (PP) oriunda dos países África do Sul, Índia e Coréia do Sul. São elas:

 

>> PRORROGAR por mais 5 anos o AD aplicado sobre as importações de PP da África do Sul e da Índia, nos percentuais abaixo. O governo brasileiro concluiu que não existiam elementos de interesse público que justificassem a suspensão das medidas para esses países.

>> NÃO PRORROGAR o AD aplicado nas importações de PP da Coreia do Sul, tendo em vista que os cálculos demonstraram que os preços praticados pelos produtores sul-coreanos não causaram dano ao produtor brasileiro de PP, a Braskem.

 

 A íntegra das decisões estão disponíveis em:

 

https://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-gecex-n-134-de-23-de-dezembro-de-2020-296450830 e https://www.in.gov.br/web/dou/-/circular-n-84-de-23-de-dezembro-de-2020-296430263.